/* Altera a margem superior apenas nessa página */

NOTÍCIA

Arte e Cultura

A importância da escola é destaque em novo ‘Diário de um Banana’

Estudar nunca foi o forte de Greg Heffley e o ensino fundamental não tem sido um mar de rosas para o protagonista do Diário de um Banana, fenômeno da literatura infantojuvenil e best-seller do New York Times. No 18º volume da coleção, que chega ao Brasil pela VR Editora, o autor Jeff Kinney faz o garoto repensar sobre a importância de frequentar a escola.   Os livros […]

Publicado em 29/12/2023

por Redação revista Educação

Estudar nunca foi o forte de Greg Heffley e o ensino fundamental não tem sido um mar de rosas para o protagonista do Diário de um Banana, fenômeno da literatura infantojuvenil e best-seller do New York Times. No 18º volume da coleção, que chega ao Brasil pela VR Editora, o autor Jeff Kinney faz o garoto repensar sobre a importância de frequentar a escola.  

Os livros do Diário de um Banana foram traduzidos para 62 idiomas e distribuídos a 74 países. Apenas no Brasil, a coleção teve mais de 12 milhões de cópias vendidas.  


Leia também

O valor da literatura negra na educação antirracista

O poder humanizador da literatura


Colegas em ação para salvar a escola

Diário de um Banan
Foto: reprodução

No lançamento Cabeça-Oca, o colégio de Greg está prestes a ser fechado por causa do baixo desempenho dos alunos e do mau estado de conservação do prédio. Ao encarar isso como uma solução dos próprios problemas, ele imagina um mundo de possibilidades em que poderá aproveitar cada segundo para colocar as brincadeiras em dia.  

Quando entende a gravidade da situação e que o fechamento da Larry Mack significa ir para um lugar diferente do melhor amigo, Rowley Jefferson, Greg passa a ter um novo objetivo: salvar a escola. Para isso, ele precisa juntar os colegas e provar que não são cabeças-ocas, ou seja, mostrar que são capazes de melhorar seus boletins escolares.

Etapas da vida

Recheada de quadrinhos, diálogos afiados e bom-humor, nesta nova história, assim como o protagonista, os jovens leitores vão compreender que a educação pode construir um futuro melhor. Afinal, estudar também é divertido, ainda mais quando o conhecimento é compartilhado com os amigos.   

“Seria ótimo se o cérebro pudesse ir pra escola enquanto a gente fica livre pra fazer o que gosta, tipo jogar ‘laser tag’ com os amigos ou ficar de bobeira no fliperama. Depois era só buscar o cérebro no fim da aula e se inteirar do que aconteceu. Mas, por enquanto, a gente precisa se conformar com a ideia de que o corpo e o cérebro precisam estar sempre juntos. E, dependendo da sua idade, isso significa passar um tempão na escola”

(Diário de um Banana: Cabeça-Oca, p.5) 



Revista Educação: referência há 28 anos em reportagens jornalísticas e artigos exclusivos para profissionais da educação básica



Escute nosso episódio de podcast:

Autor

Redação revista Educação


Leia Arte e Cultura

Itaú Cultural Play_destaque

Filmes gratuitos sobre culturas ancestrais focam em professores 

+ Mais Informações
Diário de um Banana_destaque

A importância da escola é destaque em novo ‘Diário de um Banana’

+ Mais Informações
20220222-banner

‘Leia com uma criança’ foca em municípios vulneráveis

+ Mais Informações
Prêmio Jabuti_vencedores

Poesia de Fabrício Corsaletti é consagrada como livro do ano pelo...

+ Mais Informações

Mapa do Site