/* Altera a margem superior apenas nessa página */

NOTÍCIA

Arte e Cultura

Filmes gratuitos sobre culturas ancestrais focam em professores 

Com foco em professores, a Itaú Cultural Play disponibiliza gratuitamente em seu catálogo a Coleção Culturas Ancestrais. Trata-se de uma seleção de 20 produções que possuem a ancestralidade como tema central.  Composta por ficções, documentários, animações e também por obras clássicas e premiadas, filmes infantis […]

Publicado em 02/01/2024

por Redação revista Educação

Com foco em professores, a Itaú Cultural Play disponibiliza gratuitamente em seu catálogo a Coleção Culturas Ancestrais. Trata-se de uma seleção de 20 produções que possuem a ancestralidade como tema central. 

Composta por ficções, documentários, animações e também por obras clássicas e premiadas, filmes infantis e produções contemporâneas, a coleção aborda assuntos variados como os mitos afro-brasileiros e indígenas, memória, patrimônio cultural, história, diversidade e meio ambiente. Idealizada pela curadoria da IC Play, a seleção oferece a professores e estudantes obras audiovisuais brasileiras celebradas por público e crítica, e que falam sobre as diferentes identidades brasileiras.


Leia também

Ailton Krenak: florestania para aprender a ouvir o rio e a montanha

Celebrar as diferenças entre as culturas é a chave para entender nossos alunos


Audiovisual, parceiro da sala de aula 

A coleção conta com cinco filmes de curta-metragem e cinco de longa-metragem, mais a série Ancestralidades e a Mostra Memórias Ancestrais. O projeto pretende aproximar os docentes aos conteúdos disponibilizados gratuitamente na IC Play, além de ser fonte para debates em sala de aula. 

Assim como todas as produções presentes na plataforma, estas podem ser acessadas em www.itauculturalplay.com.br e dispositivos móveis Android e IOS.

Coleção Culturas Ancestrais

A coleção é composta pela série Ancestralidades, a Mostra Memórias Ancestrais e pelos filmes de curta-metragem Alma no olho, de Zózimo Bulbul; Ewé: o segredo das folhas, de Pâmela Peregrino; Mitos indígenas em travessia, de Julia Vellutini e Wesley Rodrigues; Òrun Àiyé – a criação do mundo, de Cintia Maria e Jamile Coelho e Rapsódia para o homem negro, de Gabriel Martins. 

A coleção conta também com os filmes de longa-metragem Adeus, Capitão, de Vincent Carelli; Bimi Shu Ikaya – Bimi com o poder de sopro, de Isaka Huni Kuin, Siã Huni Kuin e Zezinho Yube; Chico Rei entre nós, de Joyce Prado; O fio da memória, de Educardo Coutinho e Yãkwa, o banquete dos espíritos, de Virginia Valadão.

Itaú Cultural Play
Filme goiano ‘Rio das Almas e Negras Memórias’, de Taize Inácia e Thaynara Rezende
Foto: divulgação

Série Ancestralidades

A série Ancestralidades foi realizada em 2022, pela cineasta Joyce Prado e é uma parceria do canal Arte1, Itaú Cultural e Fundação Tide Setubal. Composta de seis episódios, os impactos do racismo estrutural, estratégias de resistência e de restituição da subjetividade do povo negro emergem nos depoimentos de personalidades da arte e da cultura como a escritora Ana Maria Gonçalves, os artistas visuais Dalton Paula e Rosana Paulino, o músico e performer Novíssimo Edgar, os cineastas Joel Zito Araújo e André Novais Oliveira, o músico Tiganá Santana, a atriz e dramaturga Grace Passô, entre outros.

A série faz parte das ações ligadas à Plataforma Ancestralidades, desenvolvida pelas duas instituições culturais e sociais. O conteúdo dessa plataforma gira em torno dos saberes, histórias e culturas da população negra e povos originários e se torna um espaço de debate com pesquisadores, mestres populares, centros de estudos e outras instituições. Saiba mais em: www.itaucultural.org.br/ancestralidade.

Mostra Memórias Ancestrais  

Memórias Ancestrais reúne nove curtas e longas-metragens, entre documentários e ficções, que levam ao público um olhar para diferentes formas sobre o que é considerado saberes ancestrais. Com curadoria da IC Play, a proposta deste recorte é pensar o futuro, valorizando a resistência e a manutenção da cultura. 

Fazem parte da mostra o documentário capixaba Transviar, de Maíra Tristão Nogueira; o filme goiano Rio das Almas e Negras Memórias, de Taize Inácia e Thaynara Rezende; Do que aprendi com minhas mais velhas, de Onisajé e Susan Kalik; o documentário paulista Ôrí, de Raquel Gerber; O último sonho, de Alberto Alvares; o curta paulista Solmatalua, Rodrigo Ribeiro-Andrade; o filme alagoano Cavalo, de Raphael Barbosa e Werner Salles; a animação de curta-metragem Kanau’kyba, produzida em Roraima e dirigida por Gustavo Caboco e Pedra do Bendegó e, por fim, a animação Ga vī: a voz do barro, com direção de Ana Letícia Schweig, Angélica Domingos, Cleber Kronun e coletivo.

Resumo Itaú Cultural Play

Coleção Cultura Ancestrais

(5 curtas-metragens + 5 longas-metragens + série Ancestralidades + Mostra Memórias Ancestrais)
Disponível até dezembro de 2024

Em www.itauculturalplay.com.br

Gratuito



Revista Educação: referência há 28 anos em reportagens jornalísticas e artigos exclusivos para profissionais da educação básica



Leia também:

Aldeias, berços de histórias vivas

Autor

Redação revista Educação


Leia Arte e Cultura

Itaú Cultural Play_destaque

Filmes gratuitos sobre culturas ancestrais focam em professores 

+ Mais Informações
Diário de um Banana_destaque

A importância da escola é destaque em novo ‘Diário de um Banana’

+ Mais Informações
20220222-banner

‘Leia com uma criança’ foca em municípios vulneráveis

+ Mais Informações
Prêmio Jabuti_vencedores

Poesia de Fabrício Corsaletti é consagrada como livro do ano pelo...

+ Mais Informações

Mapa do Site