/* Altera a margem superior apenas nessa página */

NOTÍCIA

Podcast

Podcast | Alfabetizar e letrar: um processo contínuo (#43)

A professora e mestre em educação Karina Santos Silva fala sobre caminhos para garantir qualidade no processo de alfabetização e letramento

Publicado em 05/07/2024

por Redação revista Educação

Quais são os caminhos necessários para garantir qualidade no processo de alfabetização e letramento? Quem responde essa pergunta é a professora e mestre em educação Karina Santos Silva, no novo episódio da terceira temporada do podcast da revista Educação, o Brasil Educação. Karina é coordenadora do Centro de Estudos e Pesquisas no Ateliescola Acaia.

Bacharel em pedagogia pelo Instituto Superior de Educação de São Paulo (2009), mestre em educação pela Universidade Estadual de Campinas (2013) e especialista alfabetização: relação entre ensino e aprendizagem pela pós-graduação latu sensu do Instituto Superior de Educação Vera Cruz (2015), Karina dá dicas de como criar um ambiente alfabetizador dentro da escola. 

“É importantíssimo que tenha um ambiente alfabetizador na sala de aula. Cartazes com os projetos que estão sendo desenvolvidos, nome da turma, o trabalho com nome próprio é fundamental para esse processo. Além disso, ter a leitura pelo professor diária, de vários gêneros textuais também é muito fundamental, rodas de leitura, parceria com outros professores…fazer um trabalho com as turmas seja do primeiro e segundo ano”, destaca a professora e mestre em educação. 

Para Karina, a medida que as professoras e o colégio vão terminando um trabalho de uma sequência didática, de um projeto didático, pensar em formas que a turma possa comunicar para outras crianças aquilo que foi desenvolvido, trabalhado é essencial para que o letramento aconteça. 

—–

Leia também

No mundo das palavras, nem todos têm acesso à alfabetização

Cris Takuá: escola viva e os saberes indígenas invisíveis

—–

Caminhos para alfabetizar e letrar

Os professores, gestores e todos os setores que atuam dentro da escola devem se articular em conjunto para garantir uma aprendizagem consistente. “O professor sozinho fica muito duro esse trabalho, o professor sozinho ali dentro da sala de aula, a gente sabe que na verdade assim tem que ter toda essa articulação mesmo, de todos os setores, e o papel dos gestores para dar todas essas condições institucionais para os professores atuarem no seu dia a dia de trabalho”, pontua Santos. 

“Saber, pensar que cada criança tem sua história de vida, cada criança tem sua marca, cada criança tem seu conhecimento,  quanto esse conhecimento que vem fora da escola é fundamental estar no dia a dia, e também ter ali um olhar é muito importante para todas as crianças sempre, em especial para as crianças negras”, alerta Karina.

O episódio tem a mediação de Tatiana Pita, mestre em educação, contadora de histórias e professora na Casa Educação.

Escute o episódio Alfabetizar e letrar

Escute no Spotify:

Ou escute nas outras plataformas de podcast:

–Apple: ttps://open.spotify.com/episode/0AH9iwApItwNlC2HcQOMnIh

–Amazon Music:https://music.amazon.com.br/podcasts/2ba6b1b3-696e-49ae-90b8-a45b80144e74/episodes/6d761d3e-3013-4d73-be69-bbe7d2da3bf5/brasil-educa%C3%A7%C3%A3o-alfabetizar-e-letrar-um-processo-cont%C3%ADnuo

–Deezer: https://deezer.page.link/3BSSfFKYuRvxqyir6

*Este episódio sobre alfabetização e letramento também está disponível no YouTube. Assista:

—–

Leia também

Quais os caminhos para enfrentar o racismo nas escolas?

O que é ser um bom educador?

—–

Autor

Redação revista Educação


Leia Podcast

alfabetizar e letrar

Podcast | Alfabetizar e letrar: um processo contínuo (#43)

+ Mais Informações
celular na escola

Podcast | Celular na escola: proibir ou liberar? (#42)

+ Mais Informações
cinema

Podcast | O cinema feminino, negro e indígena como ferramenta de...

+ Mais Informações
TDAH

Podcast | Ser estudante com TDAH (#40)

+ Mais Informações

Mapa do Site