NOTÍCIA

Gestão

As aulas não podem parar: profissionais especializados atuam nos bastidores

Imagine uma escola. O que vem à sua mente? Possivelmente, um professor e seus alunos em uma sala de aula. Nem sempre a imaginação envolve o entorno desta cena, que inclui uma variada gama de serviços e profissionais atuando nos bastidores para que o momento […]

Imagine uma escola. O que vem à sua mente? Possivelmente, um professor e seus alunos em uma sala de aula. Nem sempre a imaginação envolve o entorno desta cena, que inclui uma variada gama de serviços e profissionais atuando nos bastidores para que o momento de aprendizado aconteça com fluidez. É nesse âmbito que trabalha Leandro Figueiredo Couto, Gerente de Facilities das escolas do Brasil do Grupo Global Inspired, entre elas, a Escola Eleva: “A preocupação é contínua com a qualidade e a padronização dos nossos serviços de apoio, tanto nas escolas de grande porte quanto nas menores”. Ele enfatiza a necessidade de uma empresa parceira que ofereça serviços de profissionais qualificados e certificados.

profissionais
Contrato da Escola Eleva inclui todos os serviços ofertados pela empresa especialista em alimentação e facilities escolares

No caso da Escola Eleva, esse parceiro é a Sodexo On-site, empresa que há seis anos criou uma equipe especializada e exclusiva para atender ao seu cliente, oferecendo serviços de alimentação, manutenção predial e higienização. Sérgio Caires, Diretor Comercial e de Operações de Escolas e Universidades da Sodexo, elenca os profissionais que desempenham as tarefas no dia a dia das escolas: “são nutricionistas, engenheiros, chefes de cozinha, enfermeiras e especialistas do time operacional”.

———

Leia: Na época dos algoritmos, escola só faz sentido com vínculo e paixão, diz Muniz Sodré

——— 

Os nutricionistas realizam a gestão dos restaurantes e atuam em conjunto com a escola para elaborar o cardápio, respeitando as preferências regionais, trabalhando em sintonia com o corpo pedagógico para realizar projetos de educação alimentar.  Ainda no setor de alimentação, os chefes de cozinha são os responsáveis por orientar o time operacional, assegurando a qualidade na produção dos alimentos e a apresentação final dos pratos. 

profissionais
Nutricionistas, engenheiros, chefes de cozinha e enfermeiras são alguns dos profissionais da Sodexo que atuam nas escolas parceiras, conta Sérgio Caires

Já em facilities, são os engenheiros que realizam a gestão dos serviços, avaliando os indicadores gerados pelos softwares da Sodexo, respondendo tecnicamente por todas as atividades e acompanhando as atualizações dos treinamentos dos times de especialistas. Todos os profissionais, diz Sérgio Caires, “são treinados para entender e atender às particularidades que a rotina escolar demanda”.

Nos serviços de higienização, é uma enfermeira que lidera a coordenação dos profissionais, assegurando a correta aplicação dos processos e validando a diluição dos produtos químicos previamente aprovados pela área técnica. Acerca do trabalho das enfermeiras, Sérgio lembra que esta medida “tornou-se essencial, no período da pós-pandemia, para garantir a segurança de toda a comunidade escolar”.

Escolas diferentes têm características diferentes. Por exemplo, a manutenção de um prédio escolar considerando que é patrimônio histórico exige atenção redobrada. Leandro detalha: “A Eleva Botafogo é a nossa primeira unidade, é também um casarão tombado com mais de 9 mil metros quadrados construídos. Além dos conhecimentos técnicos, a Sodexo possui também uma rede de apoio que consegue estruturar as atividades e os processos de forma organizada e segura”. 

Quando se pensa em crianças e jovens em plena atividade artística ou esportiva, nas dependências da escola, a segurança é fundamental e impõe desafios às equipes de manutenção. “As atividades em nossas escolas são constantes e intensas, e, por premissa, não executamos manutenções que possam gerar riscos aos alunos durante o dia.” Assim, se existe um problema que possa comprometer as aulas do dia seguinte, a equipe trabalha no período noturno.

profissionais
De olho na segurança dos alunos, as atividades de manutenção não acontecem durante as aulas e sim à noite

A pandemia da covid-19 impôs ainda mais desafios para a área de facilities. O gerente do Brasil do Grupo Global Inspired explica que, atualmente, as escolas adotam todos os protocolos obrigatórios pelos órgãos sanitários no Brasil.

“A nossa preocupação com a pandemia não se atém somente ao uso de máscaras, álcool e distanciamento. O grupo monitora, apoia e educa a comunidade, por meio de palestras com profissionais especializados, comunicados periódicos e transparência nas informações com os pais e colaboradores”, garante Leandeo.

A segurança da comunidade escolar precisa estar nas mãos de profissionais competentes. O diretor da Sodexo acredita que a pandemia chamou a atenção das escolas para a importância de contar com um serviço de facilities mais ativo e operante, incluindo “ter uma higienização efetiva dos ambientes, com rotinas mais frequentes, controle da limpeza dos aparelhos de ar-condicionado, entre outros itens”. A previsão é que, cada vez mais, os gestores busquem especialistas como a Sodexo.

A autogestão ainda é marcante nas escolas brasileiras. “‘Perder a mão’ do time operacional pode ser um dos receios dos gestores. Na autogestão, o relacionamento é direto com a equipe e, os gestores acreditam que os problemas sejam resolvidos internamente”, menciona Sérgio Caires. Mas na realidade, esse contexto acaba tomando muito tempo dos gestores escolares.

Sérgio relata o caso de um cliente da Sodexo que há 25 anos era atendido apenas na área de alimentação escolar: “ele nos pediu para avaliar sua área de facilities, operada naquele momento por autogestão. Iniciamos os estudos, fizemos uma proposta a quatro mãos e iniciamos o projeto com manutenção predial e higienização. O ganho de produtividade e eficiência de processos foi tão significativo que, hoje, oferecemos mais serviços e profissionais: jardineiro, ascensorista, piscineiro, técnico de teatro, movimentadores de layout, entre outros”.

As transformações no ambiente escolar têm sido constantes. Para acompanhá-las, a Sodexo trabalha dois pilares: excelência operacional e inovação. Com relação ao primeiro: “Iniciamos um novo ciclo a cada dia. Logo pela manhã, todo o time operacional se reúne e define as metas do dia, a fim de garantir o cumprimento dos processos de atendimento ao cliente, segurança alimentar e segurança do trabalho”, explica o diretor. Já o pilar da inovação, é facilitado pelo fato de a Sodexo ser uma empresa global, portanto, sintonizada com novidades que vão de produtos e serviços até novas tecnologias observadas em todas as partes do mundo.

Leia também:

Cuidar daquilo que é nossa missão: a educação

Autor

Apresentado por Sodexo - Studio Educação


Leia Gestão

Programa NAVE

Programa NAVE reformula currículo do ensino médio para dialogar com as...

+ Mais Informações
Mozart Ramos

Direção escolar que atua como líder aumenta pontos no Saeb, diz Mozart...

+ Mais Informações
Gestora escolar

Para ser admirada, gestão escolar precisa ter visão sistêmica

+ Mais Informações
PNE_destaque

PNE 2014-2024: não sendo plano de Estado, fracasso era esperado

+ Mais Informações

Mapa do Site