NOTÍCIA

GEE22

“A pandemia decretou o fim do homeschooling”

A escola presencial não será substituída, destacou o diretor Arthur Fonseca Filho no Grande Encontro da Educação

Publicado em 17/08/2022

por Leticia Scudeiro

Painel pandemia 2 Arthur no Grande Encontro da Educação Foto: Nicolas Calligaro/Revista Educação

Apesar de os educadores terem se aproximado da tecnologia por conta da pandemia, nada substitui a escola presencial e a troca com os alunos, principalmente na educação básica, acredita Arthur Fonseca Filho, diretor do Colégio Uirapuru e presidente da Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar).

Arthur participou ontem, 16, do painel O que as escolas aprenderam com a pandemia, do Grande Encontro da Educação, realizado pela revista Educação no Inteli, SP. Participaram da mesa Alexandre Schneider, presidente do Instituto Singularidades e Gustavo Torrezan, pós-doutor em educação e novas tecnologias.


Leia também

Efeito pandemia: aulas devem priorizar aprendizagem humanizada

O papel de cada um na retomada da aprendizagem


“Temos que olhar para a tecnologia a partir de uma perspectiva pedagógica e não como um fetiche. A tecnologia educacional é pedagógica, não adianta ter uma plataforma tecnológica se não houver uma interação real no processo de aprendizagem”, orientou Alexandre Schneider.

Alexandre também enfatizou que além das perdas de aprendizagem é preciso pensar em outros pontos, como o isolamento social e a falta de interação com o aluno, pois o tempo em que eles ficaram afastados da escola nesse período de dois anos não será recuperado – os alunos voltaram para a escola como se fosse a primeira vez que pisam nela novamente, acredita.

Seguindo nesse caminho, Gustavo Torrezan comentou sobre a necessidade da escola focar no indivíduo e criar um sistema de ensino que tenha correlações maiores e homogêneas.

“Se antes a escola estava focada e olhando para o indivíduo, hoje, se a gente aprendeu alguma coisa durante a pandemia, é que as escolas, o sistema de ensino, se co-individua com uma rede de relações, criando por vezes uma força maior ou menor, mas sempre disputando hegemonias com as relações”, levantou Gustavo.

Ainda dá tempo de participar do Grande Encontro da Educação. Inscreva-se nos dias 18 e 19 de agosto, online e gratuit. Clique aqui

Autor

Leticia Scudeiro


Leia GEE22

painel Unesco - destaque

As 9 ações concretas da Unesco para avançar na educação do amanhã

+ Mais Informações
painel - ensino superior

Aprendizagem por projetos é caminho para preparar os jovens no mercado de...

+ Mais Informações
ensino superior destaque

Taxa de jovens no ensino superior diminui; governo precisa agir

+ Mais Informações
ensino técnico 2

Falta política pública para quem não ingressa no ensino superior

+ Mais Informações

Mapa do Site