O desafio da formação continuada

Encontros da Educação Digital de março teve a presença do especialista Marcos Ueda, que em vídeo fala desde a importância da construção de uma comunidade escolar acolhedora ao ensino híbrido

Alunos desmotivados, professores sobrecarregados e gestores sem ferramentas. Esse é o panorama de muitas escolas nesse momento de incertezas. Marcos Ueda fala de sua própria experiência como docente, da necessidade de reconhecer o problema e de como uma gestão promotora da formação continuada deve ser parceira de todas as partes: alunos e suas famílias, professores e todos os colaboradores da escola.

Como exemplo, Ueda cita a necessária conceituação de ensino a distância, ensino remoto e ensino híbrido num modelo de formação continuada.

Convidado: Marcos Ueda é coordenador pedagógico do Cel.Lep, especializado em educação infantojuvenil e em semiótica aplicada à educação pela Universidade de Munique, Alemanha. Dedica sua pesquisa às “formas sociais” em situações de aprendizado e à aplicação de multimeios em sala de aula. Foi assessor da coordenação regional da UNESCO para os objetivos do ano de 2016 e 2019.

Moderação: Laura Rachid, editora da plataforma Educação

Patrocínio: Cel.Lep e Lenovo

Assista:

Transmissão também pelo Facebook: https://www.facebook.com/revistaeducacao/videos/220434343166848

Assista:

Neurociência: como ensinar matemática de forma criativa

Envie um comentário

Your email address will not be published.