No Japão, escolas são orientadas pelo governo a abordarem prevenção ao suicídio

A recomendação ocorre desde 2016, por conta do aumento de casos de suicídios entre jovens

O Japão vive um aumento de evasão escolar. Segundo a BBC News Brasil, o governo asiático anunciou que a evasão entre os alunos do ensino fundamental e médio atingiu um recorde, com 164.528 crianças ausentes por 30 dias ou mais em 2018, perante 144.031 em 2017.

Leia: Suicídio, depressão e outras doenças da mente são coisas diferentes, mas que andam tragicamente juntas

Diante desse cenário, escolas com modelos livres ou alternativas vêm ganhando espaço. Tanto que em 1992, 7.424 alunos japonesas estavam matriculados nessas escolas, contra 20.346 em 2017.

Por falar em Japão, em 2018, o país registrou 332 casos de suicídios de jovens, sendo o mais alto da história. Diante desse crescimento, desde 2016 o governo recomenda que as escolas abordem prevenção ao suicídio.

suicídio Japão

Foto: Unsplash

Leia também:

Cartilhas orientam sobre como ajudar pessoas em risco de suicídio

Meditação mindfulness: descubra como a prática pode ajudar professores e alunos

Envie um comentário

Your email address will not be published.