Encontro em Brasília discute educação quilombola

Dia 30 de outubro, às 14 horas, um encontro irá debater a educação quilombola e os desafios diante da incorporação do ensino da história e cultura africana e afro-brasileira ao currículo oficial brasileiro. O evento faz parte da série DebatePapo, da Fundação Cultural Palmares (FCP) e ocorre na Biblioteca Oliveira Silveira, sediada em Brasília.

O assunto será abordado pela quilombola Givânia Silva, que é coordenadora de Regularização de Territórios Quilombolas do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Para ela, a organização curricular e a formação de professores precisa ser pensada de maneira que esses processos respeitem a diversidade das populações quilombolas em suas especificidades.

O evento é gratuito, mas como o espaço tem lotação máxima de 30 pessoas, os interessados devem inscrever-se pelo e-mail biblioteca@palmares.gov.br ou pelo telefone (61) 3424-0168.