/* Altera a margem superior apenas nessa página */

NOTÍCIA

Políticas Públicas

Novo Ensino Médio aprovado no Senado: Enem não terá itinerários formativos

Documento voltará à Câmara com resistência dos deputados em aceitar as alterações ocorridas em 19 de junho

Publicado em 24/06/2024

por Redação revista Educação

Após muitas articulações, o Senado finalmente aprovou o Projeto de Lei 5.230/23, que reformula o Novo Ensino Médio. O texto, que tem como relatora a senadora professora Dorinha (União Brasil – TO), foi aprovado na última quarta-feira, 19, por meio de uma votação simbólica e, agora, como sofreu alterações, passará novamente pela Câmara dos Deputados para uma nova análise. A expectativa é que o projeto seja implementado em todas as redes de ensino do país ano que vem.

O documento do Senado decreta que a educação a distância poderá ser utilizada apenas em situações emergenciais e que o Enem terá como base apenas a formação geral básica. O projeto também inclui o espanhol como disciplina obrigatória dentro da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e possibilita que outras línguas sejam adicionadas na grade curricular, dependendo das especificidades de cada região do país.

—–

Leia também

Novo Ensino Médio: Câmara aumenta carga da formação geral básica

Perigo. Uma granada foi colocada no bolso do Novo Ensino Médio

—–

Câmara

Segundo informações da Agência Brasil, os deputados estão resistentes em aprovar o documento do Senado, uma vez que o documento aprovado por eles na Câmara é oriundo de conversas entre parlamentares e o ministro da Educação, Camilo Santana. Com isso, pretendem manter o texto original.

Novo Ensino Médio

O texto ainda voltará para a Câmara dos Deputados para uma nova análise (Foto: Shutterstock)

Formação geral e itinerários

O documento do Senado prevê 2,4 mil horas para as disciplinas da BNCC e 600 horas para disciplinas optativas do itinerário formativo. Sendo assim, a carga mínima anual do ensino médio aumenta de 800 para 1.000 horas, e o acréscimo será distribuído em 200 dias letivos. 

O projeto propõe que a carga horária do ensino técnico cresça para no mínimo 2,2 mil horas, e 800 horas para aulas específicas dos cursos técnicos. Já os cursos do ensino médio com ênfase em formação profissional e técnica, a partir de 2029, a carga horária deverá ser expandida, ultrapassando as 3 mil horas cursadas por outros estudantes.

O documento ainda articula os itinerários formativos às quatro áreas de conhecimento previstas na BNCC: linguagens e suas tecnologias (língua portuguesa e suas literaturas, língua inglesa, artes e educação física); matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias (integrada pela biologia, física e química); e ciências humanas e sociais aplicadas (integrada pela filosofia, geografia, história e sociologia).

—–

Leia também

Agora é lei: toda escola pública deverá ter uma biblioteca

Novas Diretrizes para formação de professores e seus impactos na aprendizagem dos estudantes

—–

Como funciona o Novo Ensino Médio atual?

Hoje, os alunos possuem 3 mil horas para cursarem todo o ensino médio. Dessas horas, 1,8 mil são divididas para a formação básica, e 1,2 mil são destinadas para disciplinas optativas do itinerário formativo. O ensino técnico atual possui apenas 1,8 mil horas. Além disso, atualmente, o espanhol não é obrigatório, apenas a língua inglesa, e a partir do sexto ano. 

Disciplinas como português, matemática, educação física, arte, filosofia e sociologia são obrigatórias. Já os itinerários formativos são disciplinas, oficinas e projetos que podem ser escolhidos e cursados pelos estudantes durante o ensino médio. 

—–

Revista Educação: referência há 28 anos em reportagens jornalísticas e artigos exclusivos para profissionais da educação básica

—–

Escute nosso podcast:

Autor

Redação revista Educação


Leia Políticas Públicas

inteligência artificial na educação

Ética e privacidade dos dados da inteligência artificial na educação

+ Mais Informações
Novo Ensino Médio

Deputados aprovam mudanças no Novo Ensino Médio. Agora vai?

+ Mais Informações
Esther

Investimento na educação infantil impacta toda a trajetória de vida,...

+ Mais Informações
Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio aprovado no Senado: Enem não terá itinerários...

+ Mais Informações

Mapa do Site