NOTÍCIA

Conhecimento

Inscrições para Prêmio Escolas Sustentáveis são prorrogadas

Inscrições do Prêmio Escolas Sustentáveis agora vão até 15 de junho. Premiação para escolas varia entre 15 mil e 25 mil reais

Publicado em 10/05/2024

por Redação revista Educação

As inscrições para a 2ª edição do Prêmio Escolas Sustentáveis foram prorrogadas até 15 de junho de 2024. A premiação é uma iniciativa da Santillana, da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e da Fundação Santillana com o objetivo de reconhecer projetos de desenvolvimento socioambiental implementados por instituições de ensino do Brasil, México e Colômbia, com benefícios para as comunidades locais.

O concurso é formado por duas etapas, uma nacional, por país, e outra internacional, reunindo os três países participantes. Na fase nacional, os melhores projetos, na avaliação da Comissão Julgadora, serão divulgados ao público. Os cinco primeiros colocados em cada categoria participarão do evento de Premiação Nacional, quando serão anunciados os vencedores do prêmio de R$15 mil.

Os vencedores nacionais de cada categoria seguem para a etapa internacional, que será realizada na Colômbia em novembro de 2024. Na oportunidade será anunciado o Projeto do Ano e ganhador internacional do prêmio de R$25 mil.

Ensino Infantil, Fundamental e Médio

Em 2023, mais de 1.100 projetos concorreram pelos três países participantes. Já a edição 2024 do prêmio amplia o leque de projetos elegíveis. Além de iniciativas protagonizadas por estudantes de escolas dos segmentos de ensino fundamental e médio, agora também podem concorrer escolas de educação infantil. O objetivo é incentivar e dar visibilidade às escolas de todo o ciclo de educação básica que trabalham com os pilares ESG (social, ambiental e governança).

Cada escola pode inscrever quantos projetos desejar nas duas categorias: educação infantil e ensino fundamental anos iniciais ou ensino fundamental anos finais e ensino médio. As iniciativas devem envolver ações como conscientização dos alunos e da comunidade para a preservação do meio ambiente, desenvolvimento de programas com impacto positivo no entorno da escola ou na sociedade, parcerias com comunidades locais, inclusão social, educação para cidadania, defesa dos direitos humanos, liderança ética, participação da comunidade no processo de gestão escolar, entre outros.

Para participar, os projetos precisam apresentar resultados verificáveis. Para acesso ao regulamento completo, mais informações e realizações das inscrições, basta acessar o Link

Iniciativa cidadã

“Esta segunda edição do Prêmio Escolas Sustentáveis valoriza com ainda mais força os projetos sociais, ambientais e de governança que nascem no âmbito escolar, extrapolam os muros desses ambientes e beneficiam as populações do entorno. Ao contemplar todo ciclo da educação básica, convida crianças, jovens e profissionais do ensino para uma iniciativa cidadã e colaborativa em benefício da comunidade”, afirma o diretor global de comunicação e sustentabilidade da Santillana, Luciano Monteiro.

Para o presidente-executivo da Santillana, Francisco Cuadrado, o prêmio é uma das ações chave dentro da estratégia de sustentabilidade da Santillana. “Mais uma vez, pretendemos sensibilizar a sociedade e as comunidades educativas por meio da visibilidade das melhores práticas estudantis para que servirão de inspiração para diversas outras escolas da nossa América Latina”, informa.

Mariano Jabonero, secretário-geral da OEI, destaca que esse prêmio mostra como as escolas da Ibero-América são atores essenciais na conscientização de nossas crianças e jovens sobre a importância de proteger nosso planeta. “A criatividade e a inovação dos projetos que recebemos na primeira edição são um impulso para continuarmos este ano com esta iniciativa, que temos certeza superará o sucesso da primeira edição”.

—–

Revista Educação: referência há 28 anos em reportagens jornalísticas e artigos exclusivos para profissionais da educação básica

—–

Leia também

Convivência escolar: como combater bullying e outras violências

Povos indígenas e as reivindicações de espaço nas universidades

—–

Autor

Redação revista Educação


Leia Conhecimento

PNLD

Bibliotecas públicas e comunitárias serão atendidas pelo PNLD

+ Mais Informações
aprendizado

Proporcionar estratégias variadas favorece o aprendizado

+ Mais Informações
Samsung Innovation Campus

Samsung Innovation Campus prepara estudantes para o mercado de trabalho

+ Mais Informações
Rio Grande do Sul como doar

SOS Rio Grande do Sul: como doar para instituições educacionais

+ Mais Informações

Mapa do Site