Sem presença e sem EAD. Mortes por covid aumentam e Portugal interrompe atividade letiva

Da educação infantil ao ensino superior, atividades estão suspensas por 15 dias sem aulas a distância. Famílias com crianças de até 12 anos cujas profissões são essenciais podem deixar os pequenos em escolas de acolhimento

Em lockdown por conta da covid-19 desde quinta-feira passada, 14, a partir de hoje, 22, as creches, escolas e universidades em Portugal ficarão fechadas por 15 dias. Não haverá aula a distância. Será uma espécie de férias cujas aulas serão compensadas depois. Contudo, apenas o ensino superior não deve ter férias. As faculdades terão que adiantar os exames e antecipar as matérias do 2º semestre, dadas a distância.

Leia: Para 65% dos professores, escolas devem permanecer fechadas

A medida mais dura ocorre por conta do aumento de mortes por covid — ontem o país registrou 221, o maior número desde março do ano passado. E também por conta da nova variante da covid-19, identificada primeiro na Inglaterra. Segundo a OMS, essa variante é 50% a 70% mais contagiosa. E, ao contrário do que o novo coronavírus inicial, essa tem efeito maior de contágio nas crianças.

Portugal covid

Portugal endurece regras por conta da covid. Pais com crianças em casa têm direito a faltas justificadas no trabalho (foto: Envato Elements)

Aliás, o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, anunciou que a nova estirpe cresceu em uma semana de 8% para 20%. A previsão é chegar a 60% já nos próximos sete dias.

Apoio

Segundo o portal português Público, mantêm-se abertas as escolas de acolhimento a crianças com menos de 12 anos cujos pais de grupos específicos (como profissionais de saúde, bombeiros, segurança, entre outros) têm de trabalhar. Continuarão também abertos os estabelecimentos de ensino para crianças com necessidades educativas especiais.

Contudo, mães ou pais com crianças de até 12 anos que não estejam trabalhando de casa, assim como em março do ano passado, terão direitos a faltas justificadas.

Leia também:

A experiência de gamificação em uma escola pública brasileira

Como o mundo, os professores nunca mais serão os mesmos após a pandemia

Como o legado de Pestalozzi, Froebel, Montessori e Paulo Freire influenciam hoje os educadores

Envie um comentário

Your email address will not be published.