Reabertura das escolas em SP é um avanço, apoia associação de escolas particulares

Prefeito anunciou liberação de atividades extracurriculares a partir de 7 de outubro

Nota oficial da Abepar (Associação Brasileira de Escolas Particulares):

“O anúncio da prefeitura de São Paulo de reabertura em outubro das atividades presenciais nas escolas da capital representa certamente um avanço e vai na mesma direção do estabelecido no Plano São Paulo, elaborado pelo governo do estado. Apresentada hoje (17/9) pelo prefeito Bruno Covas, a medida deverá em breve merecer cuidadoso exame por parte das escolas da Abepar depois que a decisão for oficialmente publicada e conhecida em todos os seus detalhes.

Leia: Pandemia reforça importância da escola

reabertura escolas

Abepar defende reabertura das escolas (foto: Envato Elements)

A decisão tem amplo respaldo de organismos internacionais como OMS, Unicef e Unesco e vinha sendo defendida por respeitados educadores e entidades de prestígio que atuam na área educacional. Ao autorizar a retomada das atividades presenciais nas escolas paulistanas, a prefeitura alinha-se ao proposto pelo executivo estadual e acompanha o que vem sendo feito por mais e mais escolas distribuídas por todo o Estado.

O desafio de escolas e professores será agora o de acolher crianças e adolescentes, identificar dificuldades e encaminhar soluções para restabelecer vínculos e valorizar o conhecimento e a aprendizagem.

Abepar – Associação Brasileira de Escolas Particulares São Paulo, 17 de setembro de 2020”.

Leia também:

Como incentivar a alfabetização em casa

Projeto oferece atendimento gratuito com psicólogos e psicoterapeutas a educadores

 

Envie um comentário

Your email address will not be published.