Assista à entrevista com José Pacheco: por um outro olhar na educação

0

A Escola da Ponte, em Vila das Aves, Portugal, foi inovadora porque resultou de uma decisão ética de que os alunos não estavam aprendendo com o modelo tradicional do século XIX. Diante da realidade, a instituição passou do paradigma da instrução para o da aprendizagem, defendeu o fundador José Pacheco durante um webinar com o professor Miguel Thompson, promovido pela Educação e editora Moderna.

Leia: Estórias do tempo da velha escola (coluna José Pacheco)

“Percebi que a aprendizagem não acontece em contexto de sala de aula. Quando pensei isso, notei que era antiético porque trabalhava dando aula compreendendo que não ensinava e continuava insistindo. Por que dou aula para alunos que não aprendem?”, indagou o português que em seguida rebateu: “Não há dificuldade de aprendizagem, há dificuldade de ensinagem”.

Escolas cívico-militares, favela, comunidade de aprendizagem e projetos futuros do educador compõem o restante da entrevista em vídeo com quase 1h de duração disponível no canal do YouTube da revista Educação.

Assista:

Leia também:

O que o país tem a aprender com a educação de Pernambuco

Conheça a rede da Unesco que constrói uma ponte entre escolas

Envie um comentário

Your email address will not be published.