Documentos com sugestões e críticas à Base Nacional Comum estão disponíveis para consulta

CNE recebeu contribuições à Base Nacional Comum Curricular nas audiências públicas realizadas nas diferentes regiões do Brasil (Crédito: Emmanuel Macedo/MEC)

CNE recebeu contribuições à Base Nacional Comum Curricular nas audiências públicas realizadas nas diferentes regiões do Brasil (Crédito: Emmanuel Macedo/MEC)


O Conselho Nacional de Educação (CNE) disponibilizou nesta quarta-feira (8) 234 documentos protocolados com críticas e sugestões da sociedade civil à proposta da Base Nacional Comum Curricular, cuja última versão foi publicada em abril deste ano. O material, recebido nas audiências públicas que ocorreram nas diferentes regiões do país entre julho e setembro, pode ser acessado no site do CNE.
Segundo informou o site da Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação), o CNE também disponibilizará para consulta os áudios de 283 manifestações orais registradas nas audiências públicas. Ainda não foi divulgada a data de quando ocorrerá publicação.
Em entrevista à Jeduca, Cesar Callegari, presidente da Comissão Bicameral responsável pela análise da BNCC, destacou alguns dos temas mais recorrentes nas contribuições à Base. Reparos à base da educação infantil – em especial com relação à parte de alfabetização –, críticas à introdução do conceito de competências, à ausência de temáticas latino-americanas, além da avaliação de que a Base de história é excessivamente cronológica são alguns deles. 

Envie um comentário

Your email address will not be published.