710 vagas para formação de professores

Mais de 12 mil professores obtiveram formação em nível superior pelo Parfor (Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica) ao final de 2014.  Segundo a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), responsável pelo custeio dos cursos voltados a educadores sem licenciatura ou ensino superior, há outros 66.957 docentes vinculados ao programa, que neste ano abriu mais 710 vagas, das quais 500 para primeira licenciatura e 210 para segunda licenciatura – todas oferecidas por universidades públicas. As pré-inscrições terminam na primeira quinzena de março e as aulas começam no segundo semestre do ano. Para ocupar as vagas da primeira licenciatura, o professor precisa estar em exercício e vinculado a uma rede pública estadual, municipal ou do Distrito Federal. A carga horária mínima é de 2.800 horas (quatro anos), das quais 400 horas são de estágio supervisionado. Já o educador com graduação em área diferente daquela em que leciona precisa estar há pelo menos três anos na rede pública. Esse curso tem carga horária de 800 horas a 1.400 horas e duração entre dois anos e dois anos e meio. A formação de docentes em nível superior é exigida pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), porém, em torno de 15% dos professores da Educação Básica não têm curso superior. Em números absolutos, esse universo compreende 1.607.181 pessoas, de acordo com o Censo Escolar.