COLUNISTAS:

Colunista

Damaris Silva

Mestre em letras e consultora de gestão de projetos educacionais para redes públicas e privadas de ensino

Publicado em 12/02/2024

Histórias da educação pública que inspiram e transformam

Vinda do Haiti com sua família aos quatro anos de idade, Maria trouxe na bagagem as lembranças de músicas que marcaram sua infância e uma triste passagem por uma escola pouco acolhedora

“Todos juntos somos fortes, somos flecha e somos arco. Todos nós no mesmo barco, não há nada pra temer: Ao meu lado há um amigo que é preciso proteger!” Esse trecho do musical infantil Saltimbancos, que conta a história de animais que fogem de seus donos por se sentirem explorados e decidem formar um grupo musical na cidade, serviu também de palco para a história de Maria, aluna de 11 anos da rede de ensino municipal de São José dos Campos, em São Paulo.  

 


Leia também

Jovem precisa de incentivo financeiro para concluir o ensino médio, alerta um dos criadores do Bolsa Família

Hip hop na escola: resgate cultural e identitário 


 

Vinda do Haiti com sua família aos quatro anos de idade, Maria trouxe na bagagem as lembranças de músicas que marcaram sua infância e uma triste passagem por uma escola pouco acolhedora. Mas, ao ingressar na rede municipal, encontrou um ambiente de aprendizagem diverso, inclusivo e estimulante, que valorizou sua cultura e seus talentos. Destaque nas oficinas de teatro da escola, Maria foi convidada a dar vida a um personagem da peça Saltimbancos no espetáculo de fim de ano promovido pela rede de ensino, realizando um sonho de infância e encantando a todos que a prestigiaram naquela noite, numa história sobre a união, a solidariedade, a justiça e a diversidade. 

Maria e mais de 4 mil estudantes participaram das atividades de contraturno das escolas municipais de ensino fundamental integral ao longo de 2023. Trata-se de uma Política Municipal de Educação Integral que promove a formação do estudante nas dimensões física, intelectual, afetiva, cultural e social, incluindo ações presenciais, híbridas e remotas. Essa e outras histórias estão presentes na coletânea Um Salto para o Futuro, que reúne vivências de alunos, educadores e gestores de São José dos Campos. São relatos emocionantes e inspiradores de como eles superaram desafios, criaram soluções, implementaram projetos e transformaram sonhos em realidade.

A ‘Cidade da Educação’, nome pelo qual a Secretaria de Educação do município é conhecida, tem investido em uma educação que prepare os alunos para os desafios do século 21, adotando a perspectiva da educação 5.0. Trata-se de um conceito que propõe uma abordagem educacional mais humana, integral e colaborativa, que utiliza a tecnologia para melhorar a qualidade de vida das pessoas e da sociedade. Nela, são valorizadas as competências socioemocionais como a empatia, a criatividade, a resiliência e a ética, além das competências cognitivas, como o raciocínio lógico, a comunicação e a resolução de problemas.

A história de Maria é apenas uma das muitas que compõem a trajetória educacional de São José dos Campos, uma cidade comprometida com a educação e, consequentemente, com as próximas gerações. Esse legado é fruto do esforço conjunto de mais de 6 mil profissionais da educação que enxergam a área educacional como uma poderosa política pública capaz de transformar vidas com qualidade e equidade. A rede de ensino municipal de São José dos Campos demonstra forte compromisso com a educação pública de qualidade, promovendo a formação integral dos indivíduos, o exercício da cidadania, a inclusão social e a inovação de forma acolhedora.


 


Revista Educação: referência há 28 anos em reportagens jornalísticas e artigos exclusivos para profissionais da educação básica



Escute nosso episódio de podcast:


Leia mais

formação de professores

Novas Diretrizes para formação de professores e seus impactos na...

+ Mais Informações
filhos

Chega de adulação e descaso com os filhos

+ Mais Informações
educação emancipadora

Por uma educação emancipadora

+ Mais Informações
juventude

Brasil enaltece juventude, mas a abandona à própria sorte

+ Mais Informações

Mapa do Site