NOTÍCIA

Bett Brasil

O uso de novas tecnologias interativas no desenvolvimento da educação brasileira

Por Glauco Ferreira*: A tecnologia está mudando rapidamente a maneira como vivemos e nos relacionamos com o mundo ao nosso redor. Na educação não é diferente. As salas de aula estão cada vez mais incorporando tecnologia para tornar a aprendizagem mais envolvente e eficaz. Com […]

Publicado em 08/05/2023

por Epson apresenta

Por Glauco Ferreira*: A tecnologia está mudando rapidamente a maneira como vivemos e nos relacionamos com o mundo ao nosso redor. Na educação não é diferente. As salas de aula estão cada vez mais incorporando tecnologia para tornar a aprendizagem mais envolvente e eficaz. Com isso, a Epson, líder global em impressão e projeção de imagens, tem um importante papel no desenvolvimento de um ambiente educacional mais inclusivo e acessível para os jovens e crianças.

Em 2021, a empresa lançou o programa de locação dos projetores educacionais, iniciativa que permite que instituições de ensino público e privadas equipem suas salas de aula com uma variedade de equipamentos de projeção. Acessível a escolas e universidades de todos os portes, o programa democratiza o acesso às novas tecnologias nas salas de aula. O Epson Brightlink 725Wi permite que os professores projetem conteúdo interativo diretamente na lousa e que os alunos interajam com o conteúdo em tempo real, tornando a aprendizagem mais envolvente e dinâmica.

O uso de novas tecnologias tem se tornado uma crescente no país nos últimos anos. Segundo o Censo Escolar 2022, publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) em janeiro deste ano, apenas 55,9% das escolas de ensino fundamental municipais possuem projetores multimídia. O número mostra a falta de equipamentos nas instituições – muitas possuem apenas uma unidade para o uso de todos – e como ainda há um caminho a ser trilhado para levar a inovação às salas de aula.

A inclusão de ferramentas digitais na sala de aula pode ajudar a superar barreiras e limitações físicas ou sensoriais, possibilitando que alunos com deficiência visual, auditiva ou motora tenham acesso aos mesmos conteúdos e recursos que os demais estudantes. Além disso, as tecnologias interativas permitem a participação ativa dos alunos e a construção do conhecimento de forma colaborativa. Um aluno com problemas de visão, por exemplo, pode ter dificuldades em acompanhar o que está escrito na lousa, mas o conteúdo pode ser projetado em tamanho maior e com mais contraste, facilitando a visualização.

Epson
Imagem: divulgação

O uso de novas tecnologias pode melhorar a educação e tornar a aprendizagem mais envolvente e personalizada. Os projetores interativos e outros equipamentos não substituem os professores, mas são ferramentas para auxiliá-los na sala de aula. É importante que as empresas caminhem lado a lado na busca por um ambiente educacional mais acessível e inovador, pensando no bem maior do país: os alunos.

Para saber mais sobre o programa, clique aqui.

*Glauco Ferreira é diretor de vendas da Epson do Brasil

Leia também:

Por que não podemos acertar em tecnologia educacional sem os professores

Tecnologia educacional democrática precisa ser estratégia de Estado

Autor

Epson apresenta


Leia Bett Brasil

propósito

Propósito e missão para uma educação sustentável

+ Mais Informações
projetor-interativo-epson

Como tornar a tecnologia digital uma aliada do professor

+ Mais Informações
inteligência artificial

Ao contrário do Metaverso, inteligência artificial veio para ficar,...

+ Mais Informações
augusto-cury-intoxicacao-digital-

Intoxicação digital e o papel da escola, segundo Augusto Cury

+ Mais Informações

Mapa do Site