Donos de escola elogiam medidas em SP

A Associação Brasileira de Escolas Particulares concorda com os cuidados de enfrentamento à covid feitos em SP

Nota da Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar) sobre a volta gradual da escola em São Paulo:

As medidas divulgadas nesta sexta-feira (7/8) pelo governo do Estado de São Paulo que tratam do retorno às atividades presenciais nas escolas públicas e privadas apontam, a nosso ver, para a direção adequada. A volta gradual às atividades escolares pode acontecer, desde que se respeitem rigorosamente as medidas exigidas pelas autoridades de saúde (adoção de protocolos sanitários já comprovados cientificamente como eficazes no combate à proliferação do novo coronavírus ‒ SARS-CoV-2 ‒, causador da covid-19).

Leia: “Educação na Pandemia – Guia de Boas Práticas” está disponível gratuitamente

Nas regiões que atenderem ao critério de 28 dias na fase amarela, as escolas de ambas as redes poderão, de forma opcional, retomar as suas atividades presenciais com aulas, reforços, recuperação, acolhimentos, plantão de dúvidas, laboratórios etc. já a partir de 8 de setembro. As autoridades estaduais determinaram o retorno completo das redes a partir do dia 7 de outubro.

Concomitantemente às atividades presenciais (desde que as famílias optem por isso) para até 35% das crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1 e para até 20% dos alunos do Ensino Fundamental II e Médio, serão oferecidas as aulas remotas para os demais alunos.

São Paulo, 7 de agosto de 2020.
Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar).

donos de escola

Foto: Shutterstock

Leia também:

Seguro educacional é garantia de continuidade nos estudos

Metodologias ativas de aprendizagem: saiba o que são e como incluí-las em sua escola

Envie um comentário

Your email address will not be published.