NOTÍCIA

Conhecimento

Como a escola pode manter um fluxo financeiro saudável

O diretor financeiro e tecnologia da Escola Beit Yaacov, Wallace Morato, alerta que são poucas as escolas que fazem orçamento empresarial. “As que fazem costumam encontrar déficits e deixam como está. Não fazem revisão de seus custos.” Na busca pela sustentabilidade, Wallace orienta pela construção […]

Publicado em 06/10/2022

por Redação revista Educação

O diretor financeiro e tecnologia da Escola Beit Yaacov, Wallace Morato, alerta que são poucas as escolas que fazem orçamento empresarial. “As que fazem costumam encontrar déficits e deixam como está. Não fazem revisão de seus custos.” Na busca pela sustentabilidade, Wallace orienta pela construção do seguinte tripé básico: elaborar um orçamento financeiro; fazer gestão de fluxo de caixa; e acompanhar indicadores de performance financeira da escola.

Outro ponto a considerar sobre o contexto financeiro das escolas é o relacionamento com a comunidade escolar, essencialmente com as famílias: “É preciso desenvolver relacionamentos que envolvam as famílias e entender o cenário de cada uma, assim como conhecer todos os inadimplentes e buscar, na conversa, as soluções”, aconselha. 

Wallace Morato participou hoje, 6, do segundo dia da 3ª Jornada Bett, em Recife, PE. Para falar sobre fluxo financeiro saudável nas escolas, dividiu mesa com Raquel Santos, fundadora do iDelas e da Lucrativa, e Anderson Morais, cofundador e CEO da Agenda Edu. 

Raquel Santos destacou que ainda falta clareza sobre o que é o fluxo de caixa dentro da gestão escolar. 

“Boa parte dos diretores pedagógicos não entendem de finanças e, por isso, a profissionalização e capacitação dos gestores são também essenciais para sanar as dificuldades financeiras das escolas”, disse Raquel Santos.

———-

Leia: Marketing escolar: falta de profissionalismo e suas consequências

———-

Já Anderson Morais apontou que o fluxo de caixa é prioridade zero porque o descontrole financeiro gera inúmeros problemas crônicos na escola. Com a pandemia, foi perceptível a diminuição de alunos nas escolas privadas, o que impactou severamente muitas instituições. Mesmo assim, para Anderson o cenário é favorável por diversos aspectos, sobretudo por entender que a educação, especialmente a educação básica, tem vantagens em relação a outros segmentos, porque é o último investimento a ser cortado pelas famílias, dada a sua prioridade. “Essa rotatividade de alunos existe em relação à macroeconomia e à situação local. Se a comunidade sofreu mais economicamente, haverá reflexos também nas escolas do entorno, porque foram mais afetadas economicamente.”

Para Anderson, o tripé mais importante para os gestores escolares tem que ser o trabalho com foco na captação, retenção e satisfação do cliente – no caso, famílias e alunos.

fluxo financeiro
Painel ‘Como manter um fluxo financeiro saudável?’
Foto: Bett Brasil

Marketing escolar

No painel sobre marketing educacional – como manter uma boa conversa com as famílias desde a matrícula, o coordenador de relacionamento da PUC-Campinas e CEO da EEGO Digital, Alcindo Ricoy Junior, foi enfático em indicar a importância de estudos e pesquisas para orientar as campanhas de marketing. “É inevitável que os canais digitais sejam os principais meios que a escola tem hoje para se comunicar, até porque estamos num processo quase 100% digital. Mas deve-se levar em conta o saber se relacionar e ficarmos atentos a este relacionamento, tanto no digital como na conversa pessoal. São muitos os canais de conversa.”

A diretora de planejamento estratégico do Colégio Bandeirantes, Helena de Salles Aguiar, pontuou que uma das premissas na comunicação e no marketing das escolas deve ser saber o que está se ‘vendendo’ e ter permanente transparência com seu público. “A escola deve chamar os pais para conversar e, assim, entenderem as mudanças e o que acontece dentro da escola”, orientou.

O psicólogo e fundador da Educa 21 Rossandro Klinjey seguiu a mesma linha de raciocínio e concordou que para construir uma relação duradoura é preciso ser verdadeiro com o que a escola propaga e o que entrega. “As estratégias passadas não resolverão os desafios futuros. Ao mesmo tempo, o modelo antigo não responde mais, e o novo ainda não atende às necessidades e urgências da educação. A escola é um lugar que inaugura o novo.”



Serviço

3ª Jornada Bett

Data: 5 e 6 de outubro de 2022.

Endereço: Centro de Eventos Recife (Avenida Marechal Mascarenhas de Morais, 4861, Imbiribeira – Recife, Pernambuco).

Site oficial: https://brasil.bettshow.com/

A 3ª Jornada Bett Recife acontece em formato híbrido: presencialmente no Centro de Eventos Recife/PE e com transmissão ao vivo na Plataforma Bettonline. Todos os congressistas inscritos podem interagir com os palestrantes, participar de enquetes, mesmo os que interagem online.



Leia também:

Inteligência artificial: Brasil continua parado e ensino básico perde

Autor

Redação revista Educação


Leia Conhecimento

PNLD

Bibliotecas públicas e comunitárias serão atendidas pelo PNLD

+ Mais Informações
aprendizado

Proporcionar estratégias variadas favorece o aprendizado

+ Mais Informações
Samsung Innovation Campus

Samsung Innovation Campus prepara estudantes para o mercado de trabalho

+ Mais Informações
Rio Grande do Sul como doar

SOS Rio Grande do Sul: como doar para instituições educacionais

+ Mais Informações

Mapa do Site