Marketing escolar: falta de profissionalismo e suas consequências

Estou há 20 anos no mercado educacional trabalhando com escolas da educação básica e uma coisa posso afirmar: houve pouquíssima evolução no profissionalismo do marketing escolar.

A maioria das escolas ainda elege o profissional de TI como responsável pelo marketing, e, em alguns casos, ou o diretor ou o mantenedor da escola preferem ficar com essa responsabilidade, apesar de não terem tempo para isso e, muitas vezes, também não terem conhecimento sobre o assunto.

Outro cenário muito comum é a contratação de um funcionário inexperiente para fazer a parte operacional do marketing, como ajudar nos eventos, solicitar orçamentos em gráficas, ser o interlocutor entre a sua empresa e a agência de marketing, entre outros.

——————

Leia: Marketing digital: muito além das redes sociais

——————

Sabe aquela frase “todo mundo é um pouco marqueteiro”? Eu até concordo que o brasileiro, principalmente por ser muito criativo, consegue desenvolver boas ações de marketing sem ter conhecimento técnico acerca do tema. Mas, de modo geral, vemos as escolas copiando as ações de seus concorrentes ou utilizando-se da mesma estratégia há anos, gastando muito dinheiro com ações que não estão mais dando retorno.

Foto: Envato Elements

Ausência de planejamento

Não há um cuidado em organizar um plano de marketing estruturado, com orçamento, metas e avaliações de resultados.

Marketing não é só ficar postando fotos nas redes sociais. Marketing é estratégia, é ciência.

Independentemente do tamanho de sua instituição de ensino, é preciso levar a sério – quase que da mesma maneira com que a escola se preocupa com a formação de seus professores – a seleção do profissional contratado para cuidar do marketing escolar.

A dúvida mais levantada nessa hora é: preciso mesmo ter um departamento de marketing na minha escola?

Bem, é importante fazer as contas e avaliar as necessidades de sua instituição. Você não precisa necessariamente ter uma área de marketing com um gerente e vários assistentes. Se conseguir contratar um bom profissional de marketing, você já conseguirá ver os resultados em pouco tempo. Agora, você precisa, sim, de alguém dedicado ao marketing, alguém que pense estrategicamente em ações que tragam retornos efetivos para sua escola. É preciso, ainda, avaliar a situação financeira de sua escola e investir com sabedoria.

——————

Leia: Por que não podemos acertar em tecnologia educacional sem os professores

——————

Sempre acredito que o mais importante para a contratação de qualquer profissional é a força de vontade dele. Talvez você contrate um estagiário cursando marketing ou comunicação, por exemplo, com tanta sede de aprender e com tanta proatividade que, no final, ele poderá performar tarefas melhor ainda do que alguém mais experiente na área.

Entretanto, uma coisa é certa: sua escola precisa de alguém dedicado ao marketing, que cuide de sua marca e das comunicações interna e externa, trazendo ações que gerem matrículas e fidelização de alunos.

Não ache que uma agência de marketing vai resolver o problema da sua escola. Ela funciona bem para cuidar das redes sociais, da criação de peças e até mesmo para sugerir novas ideias de ações. Contudo, é preciso ter alguém que respire o dia a dia da escola, que planeje e monitore ações, acompanhe o cronograma da instituição e seu orçamento, avalie os resultados, pense em novas estratégias e desenvolva pesquisas, entre outras atribuições.

Uma agência não vai conseguir fazer tudo isso sem conhecer a escola em detalhes. Acredite. É preciso contar com alguém internamente para cuidar da sua escola, com dedicação e foco nos resultados.

Este não é um papel para mantenedor, diretor, professor, secretária e, principalmente, o profissional de TI. Este é o papel do profissional que estudou e se especializou na área.

Acredite nele e profissionalize o marketing da sua escola.

*Helena Poças Leitão é fundadora da Sua Escola Ideal, autora do livro Marketing escolar de bolso e gerente de marketing da Editora do Brasil

Escute nosso podcast:

Envie um comentário

Your email address will not be published.