Do que as escolas mais precisam no retorno às aulas presenciais?

Meditação mindfulness é aliada no combate ao estresse e ansiedade e ainda tende a desenvolver empatia e concentração nos alunos e educadores

Escola é onde iniciamos aprendizados que direcionam o resto das nossas vidas: aprendemos conteúdos importantes, aprendemos sobre vida em comunidade, sobre civilidade e também sobre a importância das competências socioemocionais. Educar seres humanos, de maneira integral, é responsabilidade que começa em casa e continua na escola.

Essa responsabilidade, de cuidar das crianças e jovens de maneira integral, será ainda maior no mundo pós-pandemia. Uma pesquisa recente realizada pelo Datafolha ajudou a mapear as principais dificuldades enfrentadas pelos alunos de escolas públicas na cidade de São Paulo e revelou que 75% deles estão ansiosos, irritados ou tristes durante o confinamento. As crianças e os jovens não estão motivados a estudar em casa (57%) e enfrentam problemas na rotina de estudo (62%). Ainda que mesmo antes desse período, alguns fatores como ansiedade, competitividade, falta de foco e interesse já vinham refletindo no cotidiano dentro da sala de aula, a situação poderá precisar de ainda mais cuidado.

Leia: Meditação mindfulness: descubra como a prática pode ajudar professores e alunos

Meditação

Você sabia que existe uma prática, validada internacionalmente e no Brasil, que comprovadamente apoia alunos e colaboradores na redução do estresse ajudando-os a estarem mais centrados, calmos e equilibrados?

As práticas de mindfulness no ambiente educacional auxiliam não só estudantes, mas também educadores a criarem um espaço interno mais tranquilo, de maneira que se relacionem e respondam melhor ao que acontece ao seu redor. Além disso, as práticas promovem o cultivo da empatia e compaixão, tornando o ambiente escolar uma experiência mais agradável e enriquecedora.

A MindKids dedica-se a capacitar educadores em Mindfulness Para Sala de Aula, treinando-os a ensinar práticas de meditação a crianças e adolescentes. Desde 2017, apoiamos mais de 30 escolas a adotar essas práticas, com excelentes resultados:

mindfulness sala de aula

Foto: divulgação

Em pesquisa realizada com pais e mães, na Be.Living Educação Bilíngue:

– 95% avaliaram como excelente a iniciativa;

– 72% notaram diferenças positivas no comportamento da criança.

Na Escola Santi, em pesquisas realizadas com os alunos:

– 100% gostaram das aulas de mindfulness e sentiram que os ajudou;

– 85% avaliaram que mindfulness ajudou a se concentrarem mais e acalmarem na hora dos estudos;

– 70% dos alunos disseram que ajudou a ser mais gentil com os outros e a se sentir melhor em casa.

No Oswald de Andrade, os alunos também avaliaram:

– 95% disseram que mindfulness os ajudou;

– 87% recomendariam a outros jovens.

Leia: Como acolher os alunos em tempos de aulas remotas

Aliada do sistema nervoso

Mindfulness não altera o que acontece ao nosso redor, e sim a nossa resposta aos estímulos exteriores. E, embora a prática exista há milênios, tem como base um princípio que foi descoberto apenas recentemente pela ciência: a neuroplasticidade, que é a capacidade do nosso cérebro de mudar, dependendo ao que prestamos atenção e como prestamos atenção, ou seja, o cérebro se altera de acordo com os estímulos recebidos por nós.

Veja alguns depoimentos de estudantes que começaram a praticar por iniciativa da escola:

“A meditação me ajudou a estudar melhor. Quando eu estudava e me dispersava respirava fundo e voltava ao eixo.” Aluno do 6º ano EF, no Oswald de Andrade.

“Antes das aulas eu tinha problemas para dormir e me concentrar, mas, agora consigo realizar estas tarefas facilmente.” Aluno do 7º ano, na Escola Santi

Estudos quantitativos apontam benefícios da meditação como aumento da capacidade de foco e atenção, calma e equilíbrio emocional. Uma pesquisa na Califórnia com mais de 900 estudantes demonstrou que professores notam mudanças em seus alunos:

mindfulness estudo

Leia: Perda com evasão escolar é de R$ 214 bilhões por ano

Formação a distância

A boa notícia é que a MindKids agora oferece a capacitação através de seu Programa de Ensino a Distância, que veio para tornar a formação acessível a todas as pessoas, em todos os lugares do Brasil, onde quer que estejam. Além da comodidade de poder fazer a formação onde estiver, através de uma moderna plataforma digital, o participante tem a possibilidade de realizar o curso nos horários que lhe forem mais convenientes.

O Curso Mindfulness para Sala de Aula – EAD está dividido em seis módulos:

  • Introdução ao Mindfulness
  • Foco e Atenção
  • Presença Plena
  • Empatia e Compaixão
  • Mente Saudável
  • Equilíbrio Emocional

A cada módulo, o participante terá uma visão mais ampla da utilidade e aplicabilidade da meditação em sala de aula, possibilitando que a execução do trabalho com crianças e adolescentes seja feita com maestria, construindo um ambiente muito propício ao aprendizado, à troca de experiências e sentimentos e por consequência, ao bem-estar.

Para saber mais e realizar sua adesão, clique no link abaixo:

https://mindkids.net/ead/

Consulte pacotes para grupos através do e-mail contato@mindkids.net

Redes sociais MindKids:

Facebook: https://www.facebook.com/mindkids.dani

Instagram: https://www.instagram.com/mind.kids/

LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/mindkids/

SoundCloud: https://soundcloud.com/daniela-degani

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCjZlkpMNwknXUbQloJcHYGw?view_as=subscriber

Leia também:

Os benefícios da aprendizagem baseada em projetos

Covid: 83% dos professores não se sentem preparados para dar aulas online

Envie um comentário

Your email address will not be published.