Livros sobre abstinência sexual estão sendo preparados para as escolas

A informação é do O Globo. Segundo o veículo, Damares Alves teve reuniões com membros do movimento Eu escolhi esperar
0

Segundo a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, a educação sexual para crianças e adolescentes não é a solução. Tanto que seu ministério está formulando uma política pública voltada para a abstinência sexual, sendo, então, uma alternativa para a prevenção da gravidez precoce. Em entrevista à BBC News Brasil, Damares defendeu: “eu gostaria que a abstinência fosse também um método a ser discutido em sala de aula… Por que não pensarmos num novo momento, a menina se guardar. Ou o próprio menino, se preservar para o seu grande amor?”

Leia: Por que é urgente falar sobre educação sexual nas escolas

abstinencia sexual

A ministra da Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, participa de audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle para debater ossadas em Perus e pedidos de anistia.

O movimento religioso Eu escolhi esperar, idealizado em 2011 pelo pastor Nelson Neto Junior para incentivar os jovens a só se relacionarem sexualmente após o casamento é uma inspiração para a ministra. Tanto que eventos sobre o tema e tendo como palestrantes membros do movimento foram organizados pelo ministério no fim de 2019. Segundo O GLOBO, o movimento Eu escolhi esperar já elabora livros didáticos e séries para serem introduzidos nas escolas.

Leia também:

Conanda: principal órgão de proteção à criança e ao adolescente está ameaçado

Mais da metade dos alunos querem psicólogo na escola

Militarização das escolas públicas: soldado ou cidadão?

Envie um comentário

Your email address will not be published.