NOTÍCIA

Conhecimento

Projeto Turma dos Dedos Falantes une literatura e inclusão

Ao introduzir a aprendizagem da Libras por meio de gênero narrativo que se destaca pela capacidade de contar histórias, de criar tramas, personagens e ambientes, o projeto se concentra na narração de eventos de ficção ou reais por meio de uma sequência temporal, desenvolvendo enredos […]

Publicado em 27/11/2023

por Redação revista Educação

Turma dos Dedos Falantes

Ao introduzir a aprendizagem da Libras por meio de gênero narrativo que se destaca pela capacidade de contar histórias, de criar tramas, personagens e ambientes, o projeto se concentra na narração de eventos de ficção ou reais por meio de uma sequência temporal, desenvolvendo enredos que envolvem conflitos, ações e etapas adequadas a cada faixa etária. 

Cada livro da coleção aborda temas que envolvem questões como autismo, TDAH, deficiência física, surdez, síndrome de Down, apraxia de fala, cegueira e vitiligo, oferecendo uma representação diversificada e empática da sociedade.

Turma dos Dedos Falantes
Projeto Turma dos Dedos Falantes abre portas para a aprendizagem de Libras
Foto: reprodução

Leitura que sensibiliza

A autora Jéssica Gravino pensou no desenvolvimento cognitivo, emocional e social de crianças e adolescentes quando escreveu os textos e produziu a coleção, trazendo histórias que entretêm, mas também educam, sensibilizam e promovem a empatia. Por meio dessas narrativas, as crianças são incentivadas a se identificar com personagens diversos, compreender suas experiências e desafios, desenvolvendo, assim, uma visão mais inclusiva do mundo ao seu redor.

Nas obras, a Libras é apresentada como uma comunicação alternativa tanto para as crianças não verbais quanto para as crianças ouvintes. Os leitores aprendem sobre a cultura e a comunidade surda, contribuindo para a mudança de paradigmas e de barreiras de comunicação e para a valorização da diversidade linguística.

Mundo acolhedor

Com isso, a Turma dos Dedos Falantes não apenas abre portas para a aprendizagem de Libras, mas também fortalece o elo entre a literatura e a inclusão, transformando a leitura em uma experiência inclusiva e enriquecedora para todas as crianças, independentemente de suas habilidades ou diferenças. 

Para além do incentivo à leitura, o projeto também promove valores fundamentais de respeito, diversidade e inclusão na sociedade contemporânea.

*Jéssica Gravino é apaixonada pela inclusão, proprietária da empresa Dedos Falantes, palestrante, intérprete e professora de Libras. Mestre em educação, pós-graduada em libras, alfabetização e letramento e possui MBA em gestão e tutoria EAD.

Leia também:

Memória afetiva da escrita começa na escola

Autor

Redação revista Educação


Leia Conhecimento

224

A educação básica como agente transformador no nível de proficiência...

+ Mais Informações
Conteúdos mais lidos em 2023_revista Educação_2023_destaque

Conteúdos mais lidos da revista Educação em 2023

+ Mais Informações
Assessoria Pedagógica Remota_Editora do Brasil_2

Revolucionando a educação: descubra a Assessoria Pedagógica Remota da...

+ Mais Informações
montagem edições de 2023 da revista Educação

Matérias e entrevistas destaques da revista Educação em 2023

+ Mais Informações

Mapa do Site